QUANDO... Rubens C. Romanelli

                                                                   

Filho meu !

QUANDO, nas horas de íntimo desgosto, o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos, busca-me: eu sou aquele que sabe sufocar-te o pranto e estancar-te as lágrimas;

QUANDO te julgares incompreendido dos que te circundam e vires que, em torno, a indiferença recrudesce, acerca-te de mim: eu sou a LUZ, sob cujos raios se aclaram a pureza de tuas intenções e a nobreza de teus sentimentos;

QUANDO se te extinguir o ânimo para arrostares as vicissitudes da vida e te achares na iminência de desfalecer, chama-me: eu sou a FORÇA capaz de remover-te as pedras dos caminhos e sobrepor-te às adversidades do mundo;

QUANDO, inclementes, te açoitarem os vendavais da sorte e já não souberes onde reclinar a cabeça, corre para junto de mim: eu sou o REFÚGIO, em cujo seio encontrarás guarida para o teu corpo e tranqüilidade para o teu espírito;

QUANDO te faltar a calma, nos momentos de maior aflição, e te considerares incapaz de conservar a serenidade de espírito, invoca-me: eu sou a PACIÊNCIA, que te faz vencer os transes mais dolorosos e triunfar das situações mais difíceis;

QUANDO te debateres nos paroxismos da dor e tiveres a alma ulcerada pelos abrolhos dos caminhos, grita por mim: eu sou o BÁLSAMO que te cicatriza as chagas e te minora os padecimentos;

QUANDO o mundo te iludir com suas promessas falazes e perceberes que já ninguém pode inspirar-te confiança, vem a mim: eu sou a SINCERIDADE, que sabe corresponder à franqueza de tuas atitudes e à nobreza de teus ideais;

QUANDO a tristeza e a melancolia te povoarem o coração e tudo te causar aborrecimento, clama por mim: eu sou a ALEGRIA, que te insufla um alento novo e te faz conhecer os encantos de teu mundo interior;

QUANDO, um a um, te fenecerem os ideais mais belos e te sentires no auge do desespero, apela para mim: eu sou a ESPERANÇA, que te robustece a fé e te acalenta os sonhos;

QUANDO a impiedade recusar-se a relevar-te as faltas e experimentares a dureza do coração humano, procura-me: eu sou o PERDÃO, que te levanta o ânimo e promove a reabilitação de teu espírito;

QUANDO duvidares de tudo, até de tuas próprias convicções, e o cepticismo te avassalar a alma, recorre a mim: eu sou a CRENÇA, que te inunda de luz o entendimento e te habilita para a conquista da Felicidade;

QUANDO já não provares a sublimidade de uma afeição terna e sincera e te desiludires do sentimento de teu semelhante, aproxima-te de mim: eu sou a RENÚNCIA, que te ensina a olvidar a ingratidão dos homens e a esquecer a incompreensão do mundo;

E QUANDO, enfim, quiseres saber quem sou, pergunta ao riacho que murmura e ao pássaro que canta, à flor que desabrocha e à estrêla que cintila, ao moço que espera e ao velho que recorda. Eu sou a dinâmica da vida, e a harmonia da Natureza: chamo-me AMOR, o remédio para todos os males que te atormentam o espírito.

Estende-me, pois, a tua mão, ó alma filha de minhalma, que eu te conduzirei, numa seqüência de êxtases e deslumbramentos, às serenas mansões do Infinito, sob a luz brilhante da Eternidade.

 

INVOCAÇÃO...       Rubens C. Romanell

                                                                                           

Senhor,
Inundas-me no esplendor de tua luz
e, contudo, cego, não Te vejo.
Falas-me na eloqüência de teu verbo
e, no entanto, surdo, não Te ouço.
Abrasas-me na ardência de teu amor
e, todavia, insensível, não Te sinto.
Oh! estranha contradição!
Tu, bem perto de mim,
e eu, tão longe de Ti!
Desvela-me, Senhor, os olhos, cegos de orgulho;
abre-me os ouvidos, surdos de vaidade,
e sensibiliza-me o coração, duro de maldade,
para que eu descubra tua divina presença
na intimidade de meu ser!

A BÊNÇÃO DAS LÁGRIMAS...       Rubens C. Romanelli

                                               

Bendita a lágrima em que se cristaliza o acervo atroz de nossas dores e se dilui o negro fel de nossas mágoas.

Bendita a lágrima a cuja tona flutuam farrapos sombrios de sonhos dourados e em cujo fundo vagueiam espectros tristonhos de esperanças mortas.

Bendita a lágrima dos que carpem a desdita de nascerem sem teto e choram a desgraça de viverem sem pão.

Bendita a lágrima dos que jamais conheceram um afeto de mãe e nunca provaram um carinho de espôsa.

Bendita a lágrima, desafôgo amigo dos que são sós e consôlo ardente dos que são tristes.

Bendita a lágrima dos que põem sôbre os ombros a cruz de seu próximo e o ajudam a escalar o calvário da existência.

Bendita a lágrima dos que buscam, errantes, o calor de um afeto e sòmente encontram o frio do desprêzo.

Bendita a lágrima dos que sofrem injustiças pelos ideais que defendem e só colhem ingratidões pelo bem que semeiam.

Bendita a lágrima que erige no cérebro um templo à Verdade e converte o coração num sacrário de Amor.

Bendita a lágrima que aflora, escaldante, nas noites do sofrimento e esplende como um sol nas manhãs da redenção.

Bendita, enfim, a lágrima, gôta de luz das auroras celestes e síntese terrena do orvalho divino.

REAGE...Rubens C. Romanelli
                                        

Se a treva se adensa em torno de teus passos, não te desorientes. Reage, intensificando a luz que brilha dentro de ti.

Se a maldade busca denegrir-te as obras, não te perturbes. Reage, multiplicando a bondade que reside em teu coração.

Se a calúnia tende a insinuar-se nos círculos de tuas relações, não te exasperes. Reage, cultuando a Verdade que pontifica no altar de tua consciência.

Se a vaidade procura enredar-te nas teias da ilusão, não te acomodes. Reage, amando a simplicidade que jaz na essência de tua vida.

Se a tristeza busca avassalar-te o ânimo, não te abatas. Reage, nutrindo-te da alegria que se oculta nas raízes de tua crença.

Se o ódio tenta penetrar o santuário de teus sentimentos, não te aflijas. Reage, desdobrando o manto do amor que "cobre a multidão de pecados".

E se, a despeito de tuas reações, vires que o mal resiste, ainda assim reage à infiltração do desânimo, porque um dia chegará em que toda treva se converterá em Luz, todo o mal em Bem, toda tristeza em Alegria, todo ódio em Amor.

EU CANTO...Rubens C.Romanelli                                              

Eu era triste e só, e minha tristeza era estéril como a do deserto sem oásis e minha solidão era vazia como a da noite sem estrelas.

Mas, hoje, já não sou triste, nem só. Mora comigo a alegria das coisas santas!

O anjo da renovação aproximou-se mansamente de mim e restaurou-me a lira do coração, transformando-me num cantor das belezas eternas.

Abro os olhos e, como numa visão mirífica de sonhos estelares, vejo além do céu das aparências, para trás das últimas fronteiras do mundo sensível, lá onde a realidade assume coloridos e configurações estranhas.

A Natureza, antes ciosa de seus grandes segredos, abre-me agora os arcanos de seus fabulosos tesouros e então posso contemplar o que os olhos mortais jamais puderam ver.

Tudo em torno de mim é esplendor e deslumbramento. Imerso num oceano de luminescências divinas, contemplo o mundo em sua fisionomia interior e eterna.

Tudo é luz!

Surpreso, vejo que eu mesmo sou plasmado na substância da luz.

Estou por cima do espaço e do tempo, situado em outra dimensão da realidade.

Agora compreendo quanta grandeza habita o coração das coisas pequeninas. Ante elas, inclino-me reverente, porque todas são uma mensagem do Grande Mistério, expressão do Pensamento de Deus.

Deixei, lá em baixo, como um resíduo atirado à margem do imenso caudal do tempo, o pobre eu com que ingênuamente eu quisera afirmar minha existência. Hoje, identificado com tudo, sou uma expressão do Impessoal.

Morreram em mim todos os desejos que me atormentavam no cárcere das formas transitórias.

Já não me alucina a paixão da Unidade.

Já não me arrebata a sedução do mistério.

Já não me abrasa a sede do Infinito.

Já não me aflige a nostalgia da Luz.

Já não me consome a saudade de Deus.

Agora sou todo plenitude. Sou uma alma integrada na alma do Todo.

Em meio aos sagrados e fecundos silêncios interiores, eu sinto ressoar, na harpa de meu coração, a música que emana do ritmo de toda Criação.

Por isso, eu canto !

PENSE NO FUTURO

Creia no futuro pensando assim:
"Não vejo razão para perder a esperança, não sinto as horas pesarem, nem tenho a horrível sensação de estar a caminho da destruição, do nada, procuro construir um mundo novo, sentir prazer em viver e superar os entraves que aparecem. Deus me fez com um bom sentido porque ele é bom.
Sustento o pensamento alto e deixo os dias rolarem. Tenho certeza que caminho para melhor. Acredito em Deus, em mim mesmo e nos favores do tempo. Trabalho com entusiasmo. As preocupações não me fazem perder o sono". O futuro começa no pensar de agora.

 'Otimismo todo Dia"

 

Não descreia da vitória.

Agravou-se a sua situação e aconteceu o que você menos gostaria que acontecesse.
E você sente o peso da dor.  
Parece-lhe que nada poderá aliviar o seu sofrimento e que não há solução.
Amigo, não é assim.  
Para qualquer problema, por maior que pareça, Deus reservou uma solução.
É preciso buscá-la.
Você não está desamparado.  
Não vacile. 
Não se entregue.  
Acima de qualquer problema paira a Providência Divina.

Extraído de 'Sementes de Felicidade'

 

MENSAGEM 

        "Não se turbe o vosso coração nem se atemorize".                                                                                                  João, 14:27

Cuide do seu coração.  
Não são somente os cardiologistas que devem e podem tratar seu coração.  
Este é um assunto profundamente psicológico e espiritual.  
O pior veneno contra o coração chama-se ódio; e o melhor remédio é amor.  
Não falamos aqui de um órgão meramente fisiológico, referimo-nos ao centro das emoções e dos sentimentos.  
Pense na higiene e assepsia de sua alma.  
Evite a disritmia da ambição.  
Esteja acima das intempéries.  
Mantenha seu coração em paz.  
Disto depende a harmonia de todo o seu corpo com o espírito.

Extraído de 'Um Minuto com Jesus'

Não descreia da vitória.


Agravou-se a sua situação e aconteceu o que você menos goste.

Parece-lhe que nada poderá aliviar o seu sofrimento e que não há solução.

Amigo, não é assim.

Para qualquer problema, por maior que pareça, Deus reservou uma solução.

É preciso buscá-la. Você não está desamparado.

Não vacile. Não se entregue.

Acima de qualquer problema paira a Providência Divina.

 Extraído de 'Sementes de Felicidade'

 "Não se turbe o vosso coração nem se atemorize"  João, 14:27

 

.

Não são somente os cardiologistas que devem e podem tratar seu coração.

Este é um assunto profundamente psicológico e espiritual.

O pior veneno contra o coração chama-se ódio; e o melhor remédio é amor.

Não falamos aqui de um órgão meramente fisiológico, referimo-nos ao

centro das emoções e dos sentimentos.

Pense na higiene e assepsia de sua alma.

Evite a disritmia da ambição.

Esteja acima das intempéries.

Mantenha seu coração em paz.

Disto depende a harmonia de todo o seu corpo com o espírito.

 

Extraído de 'Um Minuto com Jesus'